Rio Oil & Gas 2022

Petrobras apresenta avanços nos compromissos por uma transição energética justa na Rio Oil & Gas 2022

Pré-sal, inovações tecnológicas, mercado de biorrefino e preservação das florestas são alguns dos temas trazidos pela Petrobras no maior evento de energia da América Latina

Redação TN Petróleo, Agência Petrobras
23/09/2022 12:21
Petrobras apresenta avanços nos compromissos por uma transição energética justa na Rio Oil & Gas 2022 Imagem: Agência Petrobras Visualizações: 109

A Petrobras estará presente, de 26 a 29/9, na Rio Oil & Gas 2022, maior evento de energia da América Latina, destacando os mais recentes avanços obtidos no pré-sal, sua atuação no mercado de biorrefino, seus projetos voltados para preservação de florestas, entre outros temas. Em formato híbrido, a edição deste ano será realizada pela primeira vez no Boulevard Olímpico, zona portuária do Rio de Janeiro, com o tema “Energia para um mundo em transformação”. Principal patrocinadora do evento, a Petrobras marcará presença em 17 painéis do congresso, com participação de executivos e especialistas, além de apresentar cerca de 100 trabalhos técnicos de autoria de profissionais da empresa.
 
Na feira, a companhia vai ocupar a área central do Armazém 5 do Boulevard Olímpico (batizado de Armazém Petrobras) com um estande de 400m2, recheado de atrações: uma delas será uma experiência imersiva em 4D, que convida o participante a uma jornada em águas ultraprofundas no pré-sal. Quem passar pelo local poderá pilotar um simulador de última geração, que reproduz operações remotas no mar, associado ao uso de óculos de realidade mista. Outro destaque será a exibição no estande do robô “Animal D”, capaz de realizar inspeção autônoma em áreas industriais de plataformas marítimas e refinarias, com potencial de ampliar a eficiência e a segurança das operações. Seu formato é uma atração à parte: semelhante a um “cão”, consegue subir e descer escadas, movimentando-se com desenvoltura. O estande ainda contará com a chamada “tela anamórfica” com projeção de imagens muldimensionais que parecem “saltar da tela”, permitindo uma imersão em plataformas marítimas, um mergulho de carona com baleias Jubarte, uma operação em alto-mar com robôs, entre outras experiências.
 

Novas fronteiras exploratórias
No primeiro dia do congresso (26/9), o diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Fernando Borges, estará na sessão “As novas fronteiras exploratórias e os grandes projetos de desenvolvimento da produção para suporte a uma transição energética segura”. Ele vai destacar os principais projetos programados para o pré-sal e os desafios associados à exploração de novas fronteiras em águas profundas e ultraprofundas. No mesmo dia, a gerente executiva do Centro de Pesquisas e Inovação da Petrobras (Cenpes), Maiza Goulart, integrará a sessão especial “Novas tecnologias para o pré-sal: avanços recentes e como a tecnologia pode ajudar na geração de valor”. Ela mostrará o caminho que já percorremos e as inovações em desenvolvimento pela companhia que farão a diferença para ampliar a eficiência do pré-sal, conciliando redução de emissões de gases de efeito estufa com alta produtividade em águas profundas.
 
Ainda em 26/9, o gerente executivo de Gás e Energia da Petrobras, Álvaro Tupiassu, participará da sessão “Aproveitamento do gás natural associado e produzido nos campos do pré-sal”, em que vai mostrar os avanços obtidos na área de gás natural, os desafios e as projeções da companhia para esse segmento nos próximos anos. Nessa data, o gerente executivo de Comercialização no Mercado Interno da Petrobras, Sandro Barreto, participará da sessão especial “A Garantia de abastecimento num mercado de múltiplos agentes”.
 
No segundo dia (27/9), o gerente executivo de Águas Profundas, César Cunha, participa da sessão técnica “Campos maduros offshore – os desinvestimentos da Petrobras recolocam importantes assets em evidência”. Também nesse dia, a gerente executiva de Mudanças Climáticas, Viviana Coelho, participará da sessão “Custos e oportunidades da descarbonização”, em que destacará as perspectivas da Petrobras para a transição rumo a uma economia de baixo carbono, indicadores e projetos.  
 
No dia 28/9, o Diretor de Governança e Conformidade Salvador Dahan estará na sessão “Governança, compliance e financiabilidade da indústria de óleo e gás”, cuja ênfase será o futuro da indústria de petróleo e gás diante das exigências de ESG (práticas ambientais, sociais e de governança) impostas pela sociedade e mercado financeiro.
 
Ainda nesse dia, os gerentes gerais Thiago Coutinho e Jaime Naveiro apresentarão os resultados alcançados no campo de Búzios, o maior ativo em águas profundas do mundo, bem como as projeções de crescimento de produção do campo. Além disso, o gerente executivo de Integração de Negócios e Participações, da área de Refino e Gás Natural da Petrobras, Daniel Pedroso, integrará a sessão “A transformação do downstream imposta pela transição energética - caminhos para o Brasil”
 
No quarto e último dia do evento (29/9), o diretor de Relações Institucionais e Sustentabilidade, Rafael Chaves, participará da sessão “Netzero das operações: o desafio das 4 gigatoneladas de emissões”, que debaterá os desafios para a indústria avançar na transição para o baixo carbono, mostrando como o desenvolvimento tecnológico será crucial para reduzir custos e equilibrar a redução de emissões de carbono, a segurança energética e a acessibilidade à energia. Além das soluções tecnológicas, Chaves destacará os investimentos da Petrobras nas soluções de descarbonização com base na natureza (florestas). Nessa data, a gerente executiva de Segurança de Informação da Petrobras Márcia Tosta participará da sessão especial “Cyber Security e a Evolução da Digitalização”.
 
Arena Young Summit

 A Petrobras estará presente no espaço “Arena Young Summit”, dedicado à troca de experiências entre jovens profissionais e gestores da indústria, nos Armazéns 2 e 3 do Boulevard Olímpico. No local, gerentes da companhia participarão das mesas redondas sobre “oportunidades e desafios da transição energética”; “cenários da indústria 4.0 para O&G”; “inovação aberta”, entre outros temas.
 
Na exposição, o estande da Petrobras no Armazém Petrobras será palco de uma série de palestras apresentadas por técnicos da empresa, que vão abordar “Refino do futuro”, “Combustíveis de baixo carbono”, “Operações sustentáveis no Amazonas”, “Conexões para inovação”, “Uso de digital twins para aumento de eficiência no Refino”, “Hi-SEP: maximização da produção em campos com elevada concentração de CO2 ”, entre outros temas.
 
Acesse a programação completa no site da conferência: http://www.riooilgas.com.br/.

Mais Lidas De Hoje
Veja Também
Newsletter TN

Fale Conosco

Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies.

13